Acusado de matar soldados é indiciado na Irlanda do Norte

Colin Duffy é militante de facção do IRA que rejeita negociações o processo de paz com o Reino Unido

AP,

27 de março de 2009 | 10h34

O ativista de uma facção dissidente do Exército Republicano Irlandês (IRA)foi indiciado nesta sexta-feira, 27, pela morte de dois soldados britânicos no começo do mês na Irlanda do Norte. Colin Duffy é militante do Real IRA (IRA verdadeiro, em inglês) e estava preso desde o dia 14 deste mês. Ele responde por dois homicídios, cinco tentativas de homicídio e porte ilegal de armas. Dezenas de parentes e amigos aplaudira Duffy quando ele entrou no tribunal algemado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.