Aeroporto de Berlim reabre após desativação de bomba da 2ª Guerra

Voos foram impedidos de decolar ou pousar até que especialistas desarmassem explosivos

Associated Press

07 de abril de 2010 | 15h16

 

BERLIM - As autoridades da Alemanha reabriram o principal aeroporto internacional de Berlim nesta quarta-feira, 7, depois de ser desativada uma bomba da Segunda Guerra Mundial que havia sido encontrada por homens que trabalhavam em obras no local.

 

A bomba britânica 500-lb foi desativada por especialistas em explosivos e os voos foram retomados às 20 horas locais (15 horas em Brasília), disse a polícia. Cerca de 20 voos destinados ao aeroporto foram desviados para o aeroporto Schoenefeld, também em Berlim, e 10 voos que deveriam ter decolado foram atrasados.

 

A Polícia afirmou que nenhum avião pode pousar ou decolar do aeroporto de Tegel até que os especialistas desarmem o dispositivo. As autoridades bloquearam as vias de acesso ao local.

 

No ano passado, 14,2 milhões de passageiros passaram pelos terminais do aeroporto Tegel, segundo o site oficial. A cifra é quase o dobro do segundo principal aeroporto da capital alemã, Schoenefeld, por onde passaram 6,6 milhões em 2009.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.