Livio Anticoli/Reuters
Livio Anticoli/Reuters

Agressor de Berlusconi é interrogado pela polícia italiana

Ainda não se sabe o que teria motivado episódio; premiê ficará internado 24 horas para observação

estadao.com.br,

13 de dezembro de 2009 | 17h34

O homem que agrediu o primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, chama-se Massimo Tartaglia, tem 42 anos e reside em Milão, informou o jornal Corriere Della Sera. Após a agressão, Tartaglia foi levado para interrogatório, sem dizer nenhuma palavra. Ainda não se sabe o que teria motivado o episódio.

 

Berlusconi permanecerá hospitalizado por 24 horas em observação, disseram fontes médicas citadas pela imprensa italiana, de acordo com a agência France Presse.

 

Apresentando um sangramento na boca, antes da agressão, Berlusconi tinha enfrentado verbalmente um grupo de opositores que gritavam "renúncia" e "palhaço."

Tudo o que sabemos sobre:
BerlusconiItália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.