Alemães bloqueiam comboio com material radioativo

Manifestantes impedem por algumas horas que trem leve urânio para enriquecimento

Efe,

17 de janeiro de 2008 | 07h32

Um grupo de ambientalistas bloqueou na noite de quarta-feira, 16, durante várias horas, um comboio ferroviário carregado de material nuclear, na altura da localidade de Burgsteinfurt, no Estado da Renânia do Norte-Vestfália, no oeste da Alemanha. A polícia informou nesta quinta que liberou a ferrovia por volta das 23h de quarta-feira (em Brasília). O trem pôde então continuar seu caminho rumo à usina de enriquecimento de urânio de Gronau, na Holanda. No protesto, uma ativista de 26 anos usou material de escalada para se pendurar entre duas árvores, a uma altura de cerca sete metros, sobre a ferrovia, impedindo a passagem do trem. Forças especiais com material de escalada tiveram que intervir para obrigar a jovem a descer. Ela era apoiada em terra por vários manifestantes. A jovem foi detida. Os manifestantes denunciaram que o destino final das mil toneladas de material radioativo não é a usina de enriquecimento de urânio na Holanda, e sim o porto de Roterdã, de onde será transportado para a Rússia.

Tudo o que sabemos sobre:
protestoAlemanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.