Alemanha desaconselha viagem ao leste da Ucrânia, diz que mídia está em risco

O Ministério das Relações Exteriores em Berlim aconselhou neste domingo que alemães evitem fortemente viajar para áreas do leste da Ucrânia devido à situação tensa e disse que jornalistas corriam o risco de serem detidos por forças separatistas na região.

Reuters

27 de abril de 2014 | 09h03

"A situação no leste da Ucrânia é muito tensa no momento", disse o ministério, acrescentando que há um aumento cada vez maior do número de instituições estatais ocupadas por indivíduos armados.

"Tendo em vista os últimos acontecimentos, deve-se presumir que os representantes dos meios de comunicação estão em risco especial de serem detidos ou sequestrados por forças separatistas", afirmou o ministério em um comunicado.

(Por Madeline Chambers)

Tudo o que sabemos sobre:
ALEMANHAUCRANIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.