Alemanha diz que suspeita de gripe aviária não se confirmou em testes finais

BERLIM, 16 de Fev (Reutesr) - Um caso de suspeita de gripe aviária H5N1, descoberto durante testes iniciais em uma avícola no estado oriental de Brandenburgo, não pode ser confirmado nos testes finais, disse o Ministério da Agricultura alemão neste sábado.

Reuters

16 de fevereiro de 2013 | 10h38

O vírus H5N1 afeta principalmente aves, mas ocasionalmente é transmitido a pessoas. Especialistas temem que ele possa sofrer uma mutação para uma forma que poderia se espalhar facilmente entre humanos, que não têm imunidade natural a ele.

A gripe aviária está presente em países asiáticos, incluindo China, Camboja e Indonésia. Também foi detectada em aves selvagens em partes da Europa. Atualmente, a gripe aviária pode ser transmitida de aves para aves e de aves para humanos, mas não de humanos para humanos. Quando é trasmitida de aves para humanos geralmente é fatal.

Em 29 de janeiro, a organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) disse que os governos não devem permitir que as restrições financeiras causadas pela crise econômica global os impeçam de ser vigilantes para qualquer disseminação da gripe aviária. (Reportagem de Erik Kirschbaum)

Tudo o que sabemos sobre:
ALEMANHAGRIPEAVIRIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.