Alemanha procura outros 10 homens por atentados frustrados

As autoridades de segurança da Alemanhaestão procurando 10 homens que supostamente forneceram apoiopara um plano frustrado de atacar instalações dos EstadosUnidos no país, informou na quinta-feira uma importanteautoridade do governo alemão. Na véspera, a Alemanha anunciou que prendeu na terça-feiratrês homens --dois alemães e um turco-- que estavam prestes alançar "poderosos ataques a bomba" que seriam mais mortais doque os atentados de Madri e Londres nos últimos anos. August Hanning, secretário de Estado no Ministério doInterior e ex-chefe do serviço de inteligência estrangeira,disse na quinta-feira que os três homens presos tinhamcúmplices na Alemanha e no exterior que ainda estão sendorastreados. "Ele são alemães, turcos e há também outrasnacionalidades", Hanning disse à estação de TV pública ARD."Esta é a rede que nós identificamos." A Alemanha ficou abalada pelas notícias de que os trêshomens presos haviam acumulado uma grande quantidade deprodutos químicos utilizados para a fabricação de bombas e dedetonadores de classe militar em preparação para um ataque. Autoridades disseram que os três haviam treinado em camposmilitares no Afeganistão antes de formar uma célula local daUnião da Jihad Islâmica, um grupo sunita pouco conhecidoafiliado à Al Qaeda e com raízes no Uzbequistão. O ministro do Interior da Bavária, Guenther Beckstein,prevendo outras prisões nas próximas semanas, disse que oataque frustrado ressaltou que a Alemanha é agora um grandealvo apesar de sua recusa em participar da invasão do Iraque em2003. "A Alemanha se tornou um alvo prioritário da Al Qaeda",disse ele à versão online da revista Focus.

REUTERS

06 de setembro de 2007 | 09h33

Tudo o que sabemos sobre:
ALEMANHAPROCURAPLANO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.