Pascal Rossignol/Reuters
Pascal Rossignol/Reuters

Após distúrbios, cidade francesa tem mais polícia e noite calma

Na última década, país sofre surtos periódicos de protestos nas ruas de bairros periféricos

Reuters

15 de agosto de 2012 | 09h32

AMIENS, FRANÇA - Uma forte presença policial garantiu uma madrugada tranquila nesta quarta-feira, 15, em Amiens, no norte da França, depois de o presidente François Hollande prometer empenho para conter os distúrbios na cidade.

Veja também:

linkJovens entram em confronto com polícia no norte da França

linkHollande promete repressão após tumultos em Amiens

forum CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

No seu primeiro grande teste no campo da segurança pública, o presidente socialista enviou seu ministro do Interior a Amiens para investigar as duas noites consecutivas de distúrbios, que deixou 17 policiais feridos, alguns com tiros de espingardas de caça.

Um contingente adicional de 100 policiais foi despachado para um bairro conturbado na zona norte da cidade na noite de terça-feira, elevando a 250 o total de agentes na área --bem acima dos 30 habituais--, segundo as autoridades.

Na última década, a França sofre surtos periódicos de distúrbios nas ruas de bairros periféricos, mas por enquanto não há sinais de que a violência de Amiens se espalhou para outros centros urbanos.

"A noite no bairro norte de Amiens foi muito calma. Houve incidentes em outras partes de Amiens, e sete carros foram queimados, mas isso infelizmente é algo que é uma ocorrência regular na cidade", disse um porta-voz policial à Reuters. "Esperamos ter virado a página, mas nunca se sabe, algo pode faiscar a qualquer momento", acrescentou.

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCADISTURBIOCALMARIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.