Armênia e Turquia buscam aproximação diplomática em reunião

Países não mantêm relações desde 93; 1 milhão de armênios foram mortos pelo Ímpério Otomano na 1ª guerra

Efe

24 de novembro de 2008 | 12h01

O ministro de Exteriores da Armênia,Edward Nalbandyan, se reunirá nesta segunda-feira, 24, com seu colega turco, Ali Babacan, para tratar sobre a reconciliação entre os dois países, que não mantêm relações diplomáticas desde 1993. A visita de Nalbandyan se realiza durante uma reunião da organização para a Cooperação Econômica no Mar Negro (CEMN, na sigla em inglês), da qual a Armênia é presidente rotativo.Nesta reunião espera-se que se discuta o próximo passo na aproximação entre Ancara e Ierevan: uma visita do presidente armênio  à Turquia.Embora os contatos secretos entre ambos os países tenham sido  mantidos há pelo menos cinco anos, o primeiro passo 'oficial' foi a visita à Armênia do presidente turco, Abdullah Gül, para assistir ao jogo entre as seleções de ambos os países no dia 6 setembro.Cerca de um milhão de armênios morreram durante a Primeira Guerra Mundial em massacres promovidos pelo Império Otomano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.