Ekaterina Shtukina/Efe
Ekaterina Shtukina/Efe

Ataque de Romney à Rússia 'cheira a Hollywood', diz Medvedev

Pré-candidato comentou reunião que presidente russo manteve com Obama em Seul

REUTERS

27 de março de 2012 | 10h03

SEUL - O presidente russo, Dmitry Medvedev, criticou nesta terça-feira, 27, o pré-candidato presidencial norte-americano Mitt Romney por qualificar a Rússia como "inimigo geopolítico número 1".

"Com relação aos clichês ideológicos, toda vez que este ou aquele lado usa frases como 'inimigo número 1' isso sempre me alarma, isso cheira a Hollywood e a certas épocas (da Guerra Fria)", disse Medvedev ao final de uma cúpula sobre segurança nuclear em Seul.

Romney, pré-candidato a presidente pelo Partido Republicano, fez a declaração à CNN, comentando a reunião que Medvedev e o presidente norte-americano, Barack Obama, mantiveram em Seul para discutir a defesa antimísseis.

Participantes ouviram Obama prometer "mais flexibilidade" na questão dos controles armamentistas depois da eleição presidencial de 6 de novembro, o que gerou duras críticas da oposição republicana.

Medvedev disse que teria duas recomendações aos pré-candidatos presidenciais norte-americanos: "Primeira, quando declarar sua posição, é preciso usar a cabeça, usar a razão, sem prejudicar um candidato a presidente; além disso, olhem o relógio: estamos em 2012, não em meados da década de 1970."

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIAMEDVEDEVROMNEY

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.