Ataque do PKK deixa seis pessoas feridas na Turquia

Grupo armado atacou conjunto de casas de policiais no sudeste do país; uma das vítimas está em estado grave

Efe,

14 de junho de 2008 | 06h03

Seis pessoas ficaram feridas em um ataque do grupo armado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) contra um conjunto de casas de policiais no sudeste da Turquia. O ataque ocorreu na província de Hakkari, na localidade turca de Yuksekova, na tríplice fronteira com o Irã e o Iraque, onde atuam os rebeldes curdos. Todos os feridos foram atendidos no hospital de Yuksekova, com exceção da esposa de um policial, que pela gravidade de seus ferimentos teve de ser transferida ao centro médico da cidade de Van. Após o ataque, os policiais responderam aos militantes do PKK, até que o Exército enviou reforços para começar uma operação militar de busca e captura dos agressores.

Mais conteúdo sobre:
TurquiaPKK

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.