Quique Garcia/AP
Quique Garcia/AP

Ataque em Cambrils tem conexão com atentado em Barcelona, confirma governo catalão

Seis pessoas ficaram feridas na cidade costeira e cinco terroristas foram mortos; em Barcelona, ataque matou 13 e feriu mais de 100

Associated Press, O Estado de S.Paulo

18 Agosto 2017 | 02h06

O governo da comunidade autônoma da Catalunha, na Espanha, afirmou que o ataque na cidade costeira de Cambrils, na noite desta quinta-feira, 17, tem conexão com o atentado ocorrido mais cedo na região turística de Barcelona que deixou 13 mortos.

O ministro do Interior da Catalunha, Joaquin Forn, afirmou a uma rádio local na manhã desta sexta-feira, 18, que a ocorrência em Cambrils "segue o mesmo caminho" do ataque no calçadão de Barcelona. O ministro, no entanto, não deu detalhes sobre as relações entre os dois episódios.

Forn também confirmou que o motorista da van que avançou sobre as pessoas nas Ramblas segue foragido e que duas pessoas ligadas ao ataque foram presas. Em Cambrils, a polícia matou cinco suspeitos que carregavam cintos explosivos. Os artefatos foram detonados em segurança por uma equipe especializada.

As autoridades não deram detalhes sobre o ataque no balneário da província de Tarragona, mas a mídia local informa que o veículo onde estavam os cinco terroristas avançou sobre uma equipe de policiais em uma viatura e atingiu também outras pessoas no entorno. Seis pessoas ficaram feridas, sendo uma em estado grave. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.