Ataque guerrilheiro deixa pelo menos três mortos na Chechênia

Uma das vítimas é uma criança de três anos

EFE,

05 de agosto de 2007 | 03h13

Pelo menos três pessoas, entre elas uma criança de três anos, morreram num ataque da guerrilha separatista islâmica a Tsa-Vedeno, uma aldeia no sul da Chechênia, informaram neste domiongo, 5, as autoridades dessa república russa no Cáucaso Norte. "Um grupo armado integrado por até dez homens irrompeu na noite de sábado, 4, em Tsa-Vedeno e incendiou três casas", disse um porta-voz da administração de Vedeno, região da aldeia atacada, à agência de notícias russa "Interfax". Os três imóveis pertenciam a dois membros das forças de segurança da Chechênia. Na aldeia, a Polícia achou o corpo de um civil junto a um automóvel queimado, no qual se encontravam outros dois cadáveres, um deles o de uma criança de três anos. Segundo fontes policiais, os assassinatos e o incêndio do veículo foram perpetrados pelo mesmo bando que ateou fogo a casas dos membros de forças de segurança.

Tudo o que sabemos sobre:
ataque, mortos, Chechênia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.