Atentados atingem o Cáucaso russo

Ao menos 18 ficam feridos em ataque a café em Pyatigorsk; policial morre em explosão

REUTERS

17 de agosto de 2010 | 12h16

Policiais patrulham fronteira da Ossétia do Norte com a Ingushétia. Foto: Kazbek Basayev/Reuters

NAZRAN - Um atentado contra um café em Pyatigorsk, no Cáucaso russo, deixou ao menos 18 feridos e matou um número indeterminado de pessoas. Mais cedo, um homem-bomba matou um policial em um um posto fronteiriço na Ossétia do Norte.

A televisão estatal disse que a causa da explosão no café o número de vítimas na cidade de Pyatigorsk, na região de Stavropol, ainda não estavam claros. Segundo a agência de notícias Interfax, 18 pessoas foram levadas ao hospital depois da explosão no café.

O departamento regional do Ministério de Emergências de Stavropol não estava imediatamente disponível para comentários.

Mais cedo, na Ossétia do Norte, um homem-bomba se explodiu depois de se aproximar de um posto de controle em uma estrada próxima à fronteira com a província de Inguchétia, disse a polícia da Ossétia do Norte.

Ele disse que um policial foi morto. Segundo um representante do Comitê Investigativo regional, três outros policiais ficaram feridos.

O Kremlin tem enfrentado dificuldades para conter a insurgência islâmica no Norte do Cáucaso, região majoritariamente muçulmana. As regiões de Starvrapol e o Norte da Ossétia são ambas de maioria cristã ortodoxa.

 

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIACAUCASOEXPLOSOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.