Autista assume volante após desmaio da mãe no Reino Unido

Menino de nove anos consegue parar carro a 112 km/h; os dois não sofreram ferimentos no acidente

BBC Brasil, BBC

31 de janeiro de 2008 | 07h41

Um menino autista de 9 anos assumiu o volante de um carro a 112 km/hora depois que sua mãe desmaiou enquanto guiava o automóvel na estrada A38, próximo de Plymouth, no sul da Inglaterra. Jonathan Anderson, que sofre de Síndrome de Alsperger, um tipo de autismo, guiou o carro com uma das mãos e puxou o freio de mão para parar o veículo.   O carro bateu em uma árvore e Anderson acendeu as luzes de alerta para aguardar por socorro. A notícia ganhou destaque nos principais jornais britânicos desta quinta-feira.   A mãe, Marion, declarou ao jornal Daily Mail que o menino é "como um pequeno super-herói". Segundo ela, a última coisa de que se lembra é estar dirigindo, levando Jonathan para escola. "Eu devo ter desmaiado porque depois disso, só me lembro dos paramédicos me imobilizando", afirmou.   Segundo os jornais, os médicos acreditam que Marion desmaiou pois sofre de hipotireoidismo, que pode causar problemas respiratórios. Mãe e filho não sofreram ferimentos no acidente, afirmam os jornais.   Em uma entrevista ao The Times o paramédico Pete Holden, que estava na equipe de socorro, disse que ficou impressionado com a coragem de Jonathan. "Deve ter sido uma experiência assustadora, mas seu raciocínio rápido evitou um acidente muito pior", disse.   O menino confessou que sentiu medo durante a experiência. "Nunca tinha dirigido um carro antes", disse. Jonathan Anderson irá receber um certificado de coragem dos serviços de emergência do sudoeste da Inglaterra.     Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino Unidoautismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.