Autoridades da França isolam prédio, mas suspeita de Ebola é descartada

Autoridades francesas isolaram um edifício perto de Paris devido a preocupações com o Ebola nesta quinta-feira após quatro pessoas ficarem doentes no local, com dores de cabeça e febre, mas uma autoridade disse depois que era um alarme falso.

REUTERS

09 de outubro de 2014 | 15h25

"A suspeita (de Ebola) foi retirada", disse a autoridade na cidade de Cergy Pontoise, a noroeste de Paris.

A polícia e fontes do Ministério do Interior haviam dito anteriormente que o edifício de serviços sociais foi isolado com 60 pessoas no interior, depois que quatro pessoas, que chegaram à França vindas de Guiné no início de outubro, ficaram doentes.

A França não registrou nenhum caso do vírus Ebola.

(Reportagem de Nicolas Bertin)

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCAEBOLASUSPEITAPREDIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.