Avião com 206 pessoas faz pouso de emergência na Rússia

Aeronave decolou do aeroporto de Vnukovo, em Moscou, rumo ao balneário egípcio de Sharm el-Sheikh

EFE,

25 de abril de 2009 | 10h26

Um avião russo Tu-204 com 206 pessoas a bordo fez hoje uma aterrissagem de emergência no aeroporto de Sochi, balneário russo às margens do Mar Negro, aparentemente devido a um problema numa das turbinas.

 

"Segundo informações preliminares, o pouso de emergência foi provocado por uma falha numa das turbinas do avião", disse à agência "Interfax" um porta-voz do Departamento para Situações de Emergência de Sochi.

 

A aeronave tinha decolado do aeroporto de Vnukovo, em Moscou, e seguia para o balneário egípcio de Sharm el-Sheikh, informou o Governo russo.

 

Fontes do aeroporto de Sochi disseram que o capitão do voo, que transportava 198 passageiros oito tripulantes, pediu permissão para pousar depois que percebeu problemas num dos motores.

 

O Tu-204, o último modelo de passageiros da fabricante russa Tupolev, começou a operar em 1994. Com capacidade para 221 passageiros e um custo aproximado de US$ 35 milhões, ele é o primeiro avião russo equipado com turbinas importadas.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiaaviãopouso de emergência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.