Avião de Tony Blair é interceptado pela aviação israelense

O ex-primeiro-ministro do Reino Unido é enviado especial do Quarteto para o Oriente Médio

EFE

23 de maio de 2008 | 05h46

Aviões de combate israelenses decolaram para interceptar o aparelho no qual viajava o ex-primeiro-ministro do Reino Unido Tony Blair, porque a tripulação não se identificou. Blair, enviado especial do Quarteto para o Oriente Médio, viajava a Israel da localidade egípcia de Sharm el-Sheikh, onde participou de uma reunião do Fórum Econômico Mundial (FEM), quando seu avião foi interceptado, na quarta-feira passada. A tripulação teve de explicar em uma comunicação por rádio que o ex-chefe do Governo viajava no avião, depois de as aeronaves israelenses adotarem uma posição de ataque. A imprensa britânica lembrou hoje que o sistema de defesa aérea de Israel é um dos mais rigorosos do mundo e os aviões de guerra desse país decolam muitas vezes em razão de alarmes falsos.

Tudo o que sabemos sobre:
Tony Blair

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.