Avião espião russo faz aproximação perigosa de aeronave de passageiros da SAS

Um avião espião russo se aproximou perigosamente de uma aeronave de passageiros da companhia aérea escandinava SAS durante um voo entre Copenhague e Roma no início deste ano, afirmou uma porta-voz da SAS, confirmando uma reportagem da TV sueca nesta quinta-feira.

Reuters

08 Maio 2014 | 19h35

O incidente ocorreu em águas internacionais entre a Dinamarca e a Suécia, no mar Báltico, em 3 de março, de acordo com a TV sueca.

A porta-voz da SAS, Trine Kromann, disse que o avião militar russo ficou em uma área a 90 metros do avião da SAS, que transportava 132 passageiros, obrigando o piloto a mudar rapidamente de altitude.

"Foi um incidente grave", disse ela, acrescentando que os pilotos da SAS notaram um número crescente de aviões deste tipo naquele período.

(Reportagem de Sven Nordenstam)

Mais conteúdo sobre:
RUSSIA AVIAO RISCO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.