Avião faz pouso de emergência e deixa 5 mortos na Rússia

Ao menos cinco pessoas morreram e 30 ficaram feridas quando um avião russo fez um pouso de emergência em um rio da Sibéria na segunda-feira depois que uma turbina pegou fogo, informou o Ministério das Emergências da Rússia.

REUTERS

11 de julho de 2011 | 17h45

O acidente somou-se a uma série de desastres na área dos transportes na Rússia, que incluiu o afundamento de um barco em um rio no domingo, no qual até 128 pessoas morreram.

O Antonov-24 (NA-24), uma aeronave de fabricação russa, foi forçado a pousar no rio Ob, na região de Tomsk, depois que o motor esquerdo pegou fogo em pleno ar.

Um porta-voz para o Comitê Federal Investigativo da Rússia disse, segundo a agência de notícias estatal RIA, que o avião perdeu a cauda com o impacto na água.

O avião ia da capital regional de Tomsk para Surgut, também na Sibéria, quando a tripulação enviou sinais de problema.

"Havia 37 pessoas a bordo, entre elas um bebê", disse o ministro das Emergências, Sergei Shoigu. "As vítimas totalizaram 35, das quais cinco morreram. Trinta foram hospitalizadas."

O presidente Dmitry Medvedev sugeriu em uma reunião com oficiais que o acidente mostrou que o modelo AN-24 deve ser aposentado.

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIAAVIACAOPOUSOEMERGENCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.