Avião faz pouso de emergência em aeroporto na Alemanha

Fokker 100 teve problemas nos trens de pouso e aterrissou em espuma de emergência em Stuttgart

Associated Press,

14 de setembro de 2009 | 12h36

Avião aterrissou com apenas parte dos trens de pouso ativados. Foto: Reuters

 

STUTTGART - Um avião de passageiros realizou um pouso de emergência nesta segunda-feira, 14, em uma camada protetora de espuma no aeroporto de Stuttgart, na Alemanha, após ter problemas com o equipamento de aterrissagem.

 

Um passageiro ficou levemente ferido e uma aeromoça foi levada ao hospital para observação, segundo a Contact Air, companhia que operava o voo e que faz parte do grupo Lufthansa, o maior do ramo de aviação da Alemanha. Todas as pessoas deixaram a aeronave pela saída de emergência. O avião voava do aeroporto Tegel, de Berlim, com 73 passageiros a bordo e cinco tripulantes.

 

Segundo a Contact Air, os pilotos não conseguiram fazer o equipamento de pouso funcionar mesmo após várias tentativas. O avião aterrissou na espuma de emergência com apenas parte dos trens de pouso ativados.

 

Entre os passageiros do Fokker 100 estava Franz Muentefering, diretor do partido Social Democrata, um dos formadores da coalizão governista. "Foi uma situação muito séria. Circulamos por um longo tempo, tentamos a aterrissagem e então tivemos que fazer o pouso de emergência", afirmou o político em um comunicado. "Todos saíram sem ferimentos", afirmou, agradecendo à "grande performance" do piloto.

 

A companhia disse que o modelo da aeronave foi construído em novembro de 1995 e passou por uma inspeção completa no início de agosto. O piloto, de 60 anos, tem mais de 17 mil horas de voo. Os pousos no aeroporto foram interrompidos por pouco tempo após a emergência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.