Base aérea dos EUA na Alemanha recebe ameaça de bomba

Uma base aérea dos EUA nooeste da Alemanha recebeu uma ameaça de bomba na noite desegunda-feira, o que motivou uma grande operação da polícialocal e de forças norte-americanas para proteger a instalação,informaram o Exército dos EUA e a polícia alemã. A polícia local afirmou ter dúvidas sobre a legitimidade daameaça, mas que estava levando o incidente a sério. "Há dúvidas significativas quanto à seriedade da ameaça",disse o porta-voz da polícia local, Gerhard Mueller. "Apesar disso, está sendo levada muito a sério devido àatual situação e por causa da data. Hoje é 11 de setembro." A polícia no Estado de Rhineland-Palatinate disse que abase recebeu uma ligação de um homem que falou em alemão, comum sotaque russo ou turco, e ameaçou atacar a base aérea emSpangdahlem com bombas. Ele disse que tinha pelo menos quatrocúmplices. A ameaça aconteceu um dia antes do sexto aniversário dosataques de 11 de setembro nos Estados Unidos e um semana depoisdas autoridades alemães afirmarem ter evitado ataques a bomba ainstalações dos EUA na Alemanha, planejadas por um célula demilitantes islâmicos no país. "Na noite passada nós recebemos uma ameaça à base, maisespecificamente um telefonema de uma pessoa fora da base queestava ameaçando atacar a base hoje", disse o coronel dos EUADarryl Roberson a jornalistas. "Nós estamos levando essa ameaça muito a sério e tomamos asmedidas para nos defender contra ela", afirmou, acrescentandoque os militares estão trabalhando com a polícia e outrasautoridades alemãs. (Por Gerhard Mey)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.