Bélgica investiga se menina britânica desaparecida está no país

Criança teria sido vista com casal; Madeleine McCann, de 4 anos, desapareceu no início no mês de maio em Portugal

REUTERS

03 de agosto de 2007 | 10h56

Autoridades da Bélgica estão investigando uma denúncia de que a menina britânica desaparecida Madeleine McCann, de 4 anos, poderia ter sido levada para o país.No sábado, uma mulher chamou a polícia na cidade de Tongeren, leste da Bélgica e perto da fronteira com a Holanda, depois de ver um casal com uma garota em um café à beira de uma estrada."Ela estava convencida de que a menina era Madeleine", informou uma porta-voz da promotoria. "Há uma garrafa e um canudo provavelmente usados pela menina e estamos fazendo testes com eles." Os resultados do teste de DNA devem ser revelados na próxima semana.O casal foi descrito como um homem, de cerca de 40 anos, falando holandês acompanhado de uma mulher que falava inglês, com por volta de 25 anos. As autoridades de Tongeren fizeram um retrato-falado do casal.Madeleine desapareceu durante as férias com sua família em Portugal, no dia 3 de maio.

Tudo o que sabemos sobre:
MUNDOBELGICAMENINADESAPARECIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.