Bento XVI reza pela paz mundial em celebração da Missa do Galo

Em meio a forte esquema de segurança, papa começa comemorações de Natal duas horas mais cedo

Reuters e AP,

24 de dezembro de 2010 | 20h57

Papa celebra Missa do Galo na Basílica de São Pedro

 

CIDADE DO VATICANO- O papa Bento XVI rezou pela paz e amor ao próximo nesta sexta-feira, 24, em uma Missa do Galo marcada pelas rigorosas medidas de segurança após o envio de pacotes-bomba a duas embaixadas em Roma.

 

Na celebração de seu sexto natal como Papa, Bento XVI, de 83 anos, acendeu duas horas antes da meia noite uma vela em seu quarto que dá para a Praça de São Pedro para marcar o início das comemorações do Vaticano, mas chuvas torrenciais fizeram com que menos fiéis fossem ao local.

 

"Damos graças porque Deus menino se coloca em nossas mãos, mendiga, por assim dizer, infunde sua paz em nosso coração", disse o pontífice após percorrer em procissão o corredor central da Basílica de São Pedro.

 

"Esta alegria, no entanto, é também uma oração: Senhor, cumpre por inteiro Tua promessa. Quebra as varas dos opressores (...). Faça com que acabe o tempo das túnicas ensanguentadas", disse Bento XVI.

 

"Te damos graças por sua bondade, mas também Te pedimos: mostra Teu poder. Erige no mundo o domínio de Tua verdade, de Teu amor; o 'reino de justiça, de amor e de paz'", afirmou o papa.

 

A polícia redobrou as medidas de segurança no Vaticano e em Roma, um dia depois do envio de dois pacotes-bomba às embaixadas do Chile e da Suíça na capital italiana. Anarquistas assumiram a autoria dos ataques, que deixaram um ferido em cada sede diplomática.

 

A guarda vaticana também ficou mais atenta após dois anos nos quais a mesma mulher, Susanna Maiolo, violou as normas de segurança.

 

No ano passado, Susanna, que tem um histórico de problemas mentais, saltou por cima de uma barricada e fez o papa cair no chão. Em 2008, ela foi presa antes de conseguir alcançá-lo.

 

No sábado, Bento XVI será anfitrião de um almoço para 350 sem-teto no salão de audiências do Vaticano.

Tudo o que sabemos sobre:
Bento XVInatalpapamissa do galo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.