Berlusconi apresenta adversário como projeto de Barack Obama

Silvio Berlusconi divulgou na quinta-feiraa lista de candidatos de seu partido para as eleições de abriljunto com diretrizes sobre como lidar com os meios decomunicação, aconselhando seus aliados, entre outras coisas, adescrever o rival dele como um concorrente pouco expressivo quetenta imitar Barack Obama. Com uma vantagem de cerca de 7 pontos percentuais naspesquisas diante do prefeito de Roma, Walter Veltroni,Berlusconi disse aos candidatos do partido Povo da Liberdade(PDL), de centro-direita, que esses precisavam conquistar agrande fatia de eleitores ainda indecisos. "Vocês têm de convencer os indecisos com uma excelentecampanha eleitoral", afirmou diante de repórteres, antes deiniciar um encontro a portas fechadas com os candidatos a umavaga no Parlamento. O slogan de campanha de Berlusconi, umex-primeiro-ministro e magnata dos meios de comunicação, é: "Dêa Volta por Cima, Itália!". Os candidatos -- muitos dos quais nunca concorreram antes aum cargo eletivo, tendo trabalhado até agora com empresários oufuncionários de meios de comunicação -- receberam sacolas depapelão contendo uma camiseta, uma bandeira do partido e umalista com 30 pontos a respeito dos quais precisavam convenceros repórteres. Ressaltando os planos do PDL sobre cortar impostos eincentivar o crescimento econômico, o texto afirma que oPartido Democrático, de Veltroni, possui propostas similaresporque as roubou da centro-direita. "Veltroni copiou tudo o que conseguiu. Ele copiou metade dodocumento dele dos nossos documentos", afirma um dos pontos dalista, sugerindo aos candidatos que ridicularizem o prefeito deRoma, 52, por ter se comparado ao pré-candidato à Presidênciados EUA Barack Obama. "Veltroni cita Barack Obama com frequência e, tambémfrequentemente, copia dos discursos dele", diz o manual quelista formas de traçar diferenças entre os dois. "Obama comandou a revista Harvard Law Review -- o primeironegro a ocupar esse cargo de prestígio. Veltroni foi editor dol'Unita (antigamente, o jornal diário do Partido Comunista daItália)." "Obama concorre pelo partido fundado por Thomas Jefferson.Veltroni concorre pelo partido fundado por Romano Prodi",afirma o documento, referindo-se ao primeiro-ministro em finalde mandato que repassou a liderança da centro-esquerda aVeltroni. Em vista de a economia italiana estar dando sinais dealerta, os dois candidatos apresentam-se como uma mudança emrelação ao passado, e isso apesar de Berlusconi ter liderado opaís por duas vezes e de Veltroni ser um político de carreiradesde a década de 1970.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.