Berlusconi buscará voto de confiança para reforma tributária

O governo italiano pedirá uma votação de confiança no Parlamento para um pacote de medidas que busca aumentar os poderes de tributação das assembleias municipais, disse o primeiro-ministro Silvio Berlusconi nesta quarta-feira.

REUTERS

09 de fevereiro de 2011 | 10h46

Apesar de o pacote tributário ter sido rejeitado por uma comissão parlamentar especial, o gabinete aprovou na quinta-feira um decreto com as medidas, incitando a fúria da oposição, que acusou Berlusconi de tratar com arrogância o Parlamento.

Mas o presidente italiano, Giorgio Napolitano, se recusou a assinar o decreto na sexta-feira, dizendo que o governo não havia seguido os procedimentos corretos para baixar o decreto.

(Reportagem de Giuseppe Fonte)

Tudo o que sabemos sobre:
ITALIABERLUSCONITRIBUTARIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.