Berlusconi decide próximo passo em reunião com presidente--Bossi

O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, vai decidir sobre seu próximo passo quando se reunir com o presidente do país, Giorgio Napolitano, afirmou nesta terça-feira seu principal aliado na coalizão, quando questionado se o premiê renunciará depois de ter fracassado em garantir a maioria numa votação no Parlamento.

REUTERS

08 de novembro de 2011 | 16h17

"Vamos esperar alguns minutos, ele decidirá o que fazer no Quirinale", afirmou Umberto Bossi, líder da Liga Norte, se referindo à residência de Napolitano, no Palácio do Quirinale, em Roma.

Segundo uma fonte do governo, Berlusconi vai se encontrar com Napolitano para "trocar ideias".

O líder do principal partido de oposição, Pier Luigi Bersani, declarou que a votação para aprovar o orçamento de 2010 mostrou que o governo de centro-direita não tem mais a maioria e exigiu a renúncia de Berlusconi.

A fonte do governo disse que Berlusconi estava a caminho do Quirinale, mas não sugeriu que o primeiro-ministro estava a ponto de deixar o cargo.

"Berlusconi está indo para lá, mas apenas para trocar ideias sobre o que precisa ser feito", disse a fonte.

A coalizão de centro-direita venceu a votação do orçamento depois de os partidos de oposição se absterem, mas o placar de 308 votos ficou abaixo da maioria, de 316 votos, na Câmara dos Deputados de 630 assentos.

(Reportagem de Francesca Piscioneri e Giuseppe Fonte)

Tudo o que sabemos sobre:
ITALIABERLUSCONINAPOLITANO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.