Reuters
Reuters

Berlusconi diz que polêmica com jovem surgiu para derrubá-lo

Mulher de primeiro-ministro italiano pediu divórcio após ele ter ido à festa de aniversário de aspirante a modelo

Efe e Reuters,

26 de maio de 2009 | 18h13

O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, acredita que o episódio da jovem Noemi Letizia "é uma péssima história que só tem o objetivo" de desacreditá-lo e derrubá-lo, em declarações publicadas nesta terça-feira, 26, pelo jornal Libero.

 

O assunto Noemi Letizia, a jovem que desencadeou uma polêmica política na Itália por sua suposta relação com Silvio Berlusconi, segundo o premiê "foi arquitetado com precisão" com o único objetivo de prejudicá-lo "politicamente."

 

Berlusconi assegurou ao diário que está "sereno" e seguro de não ter feito "nada ruim" e admitiu ter tentado processar o diário La Repubblica, o segundo maior da Itália, mas que abandonou a causa por ceticismo. "Imagine se os juízes me dariam razão. Se sabe de que lado eles estão", comentou o premiê.

 

Depois, Berlusconi explicou que alguém já tinha dito alertado que "o grupo Repubblica-Espresso está preparando algo". "É um plano claro: querem te derrubar. Eles querem fazer o que a esquerda não pôde fazer: vencer", comentou Berlusconi. O La Repubblica publicou em 14 de maio 10 questões que o premiê italiano de 72 anos poderia responder sobre a natureza da sua relação com a jovem.

 

"Noemi é uma menina estupenda. Minha relação com a família Letizia é limpa, mais que transparente. Não há nada de secreto", completou o premiê. O coração da controvérsia é a natureza da relação de Berlusconi com Noemi Letizia, uma aspirante a modelo cuja a festa de aniversário de 18 anos, em Nápoles, contou com a presença de Berlusconi, além de ser o motivo central do pedido de divórcio de sua mulher.

Berlusconi admitiu que Noemi esteve em um evento com empresários de moda em Roma, mas que era "um jantar publico", e em uma festa em Milão porque a menina "foi fazer provas" e "foi também à festa de ano novo de 2008". "Ela também foi convidada. O que tem de mau em organizar uma festa de fim de ano e convidar tantas pessoas?", questionou Berlusconi.

Tudo o que sabemos sobre:
Silvio BerlusconiItália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.