Eric Vidal/Reuters
Eric Vidal/Reuters

Berlusconi diz ter certeza de que ficará no poder até 2013

Primeiro-ministro diz ter números que comprovam que terminará período do mandato

Reuters

17 de dezembro de 2010 | 11h57

BRUXELAS - O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, disse nesta sexta-feira, 17, estar certo que governará a Itália até o fim de seu mandato, em 2013, depois de ter conseguido esta semana o apoio do Parlamento por uma estreita margem de votos.

"Estou absolutamente certo de que completarei minha legislatura", declarou Berlusconi a repórteres, depois de uma cúpula da União Europeia, em Bruxelas. "Estou certo. Tenho os números", afirmou.

 

Muitos comentaristas políticos preveem a antecipação das eleições parlamentares no ano que vem, pelo fato de Berlusconi ter obtido um voto de confiança do Parlamento por uma margem de apenas três votos.

 

O premiê foi submetido ao voto de confiança no Senado e da Câmara. Caso perdesse em qualquer uma das casas legislativas, deveria convocar novas eleições.

Tudo o que sabemos sobre:
ItáliaBerlusconiEuropa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.