Berlusconi fundará novo partido político

Ex-primeiro-ministro italiano surpreendeu ao anunciar o fim do conservador Força Itália, partido mais votado

Agências Internacionais e AE,

18 de novembro de 2007 | 20h13

O ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi anunciou neste domingo, 18, que irá lançar um novo partido e dissolver o conservador Força Itália, que fundou na década de 1990. "Junte-se a nós contra os caducos da política", disse o ex-chefe de governo. O anúncio foi feito após Gianfranco Fini, do grupo direitista Aliança Nacional, dizer que a coalizão Aliança da Liberdade, de Berlusconi, entraria em colapso em breve. Para Berlusconi, o Força Itália, partido mais votado do país - 21,1% nas últimas eleições -, "é um nome que contou muito e queagora contribuirá para dar força à nova legenda e torná-la aindamaior". Berlusconi resolveu pegar a todos de surpresa e deu a notícia em uma praça de Milão, norte do país, enquanto discursava a seguidores. "O importante agora é dar vida a esta nova criatura, que terá um papel de protagonista da liberdade e da democracia nas próximas décadas", afirmou, sobre a nova agremiação. Perguntado se seus aliados da centro-direita - que recentemente o criticaram e questionaram sua liderança - estarão com ele nesta nova empreitada, Berlusconi disse que não excluirá ninguém. "Espero que todos estejam conosco", disse. O Força Itália tinha sido criado em dezembro de 1993 com uma espetacular campanha midiática, e em poucos meses obteve uma arrasadora vitória sobre a centro-esquerda, nas eleições de maço de 1994. Por outro lado, Berlusconi anunciou que já recolheu 7 milhões de assinaturas para que sejam convocadas eleições antecipadas.

Tudo o que sabemos sobre:
Berlusconi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.