Berlusconi nega que tenha falado de Carla Bruni com Sarkozy

Imprensa afirma que premiê italiano disse a líder francês que 'lhe deu' sua mulher; governo acusa difamação

Efe,

27 de fevereiro de 2009 | 18h18

A presidência do governo da Itália publicou nesta sexta-feira, 27, uma nota especificando que a frase que Silvio Berlusconi sussurrou esta semana a Nicolas Sarkozy foi "Tu sabes que eu estudei na Sorbonne", negando que ele tenha mencionado a mulher do presidente francês.  Veja também:Berlusconi diz a Sarkozy: 'eu lhe dei sua mulher' Segundo afirmou o jornal romano La Repubblica, o programa le-Grand Journal da televisão Canal Plus na França disse na quinta que o chefe do governo italiano tinha sussurrado a Sarkozy "Moi je t'ai donné a tua donna", que misturando o francês e o italiano se traduziria como "Eu te dei a tua mulher." A frase faria referência ao fato de Carla Bruni ser italiana de nascimento, embora radicada em Paris e naturalizada francesa e teria sido dita durante uma entrevista coletiva de terça-feira, após uma cúpula bilateral entre os dois países. A presidência do governo acrescentou que "são eles que se merecem o Oscar da difamação", referindo-se ao programa que concedeu "o Oscar da vulgaridade a Berlusconi."

Tudo o que sabemos sobre:
BerlusconiSarkozyItáliaFrança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.