Alexei Nikolsky/Arquivo/AP
Alexei Nikolsky/Arquivo/AP

Berlusconi pode desistir de candidatura em 2013

Caso seja acordada uma ampla aliança entre partidos centristas, ex-premiê italiano deve ficar fora de disputa

Reuters

08 de outubro de 2012 | 19h42

ROMA - O ex-premiê italiano Silvio Berlusconi pode desistir de disputar as eleições de 2013 se isso garantir a formação de uma ampla aliança entre partidos centristas, disse nesta segunda-feira, 8, o secretário do seu partido, o Povo da Liberdade (PDL). O centro-direitista Berlusconi, de 76 anos, vinha sinalizando a intenção de tentar voltar ao poder nas eleições previstas para abril.

"Pretendemos fazer todos os esforços para unir uma grande área moderada como alternativa à esquerda", disse Angelino Alfano, do PDL, em entrevista coletiva com outros líderes partidários. Ele convidou Pier Ferdinando Casini, líder do partido centrista UDC - ex-aliado do PDL -, para participar de uma nova aliança moderada.

"Se, como as coisas parecem se encaminhar, Silvio Berlusconi não se colocar como candidato para favorecer a unificação do campo moderado, você tem o direito, a possibilidade, o dever de desempenhar um papel na reconstrução do campo moderado", disse ele a Cassini.

Líderes do PDL têm pressionado Berlusconi a anunciar logo seus planos, mas ele ainda não confirmou se vai disputar o cargo de premiê ou se assumirá um papel nos bastidores. As pesquisas eleitorais apontam um favoritismo do Partido Democrático (centro-esquerda) sobre o PDL e seus aliados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.