Tony Gentile/Reuters - 8/10/2009
Tony Gentile/Reuters - 8/10/2009

Berlusconi será julgado em novembro após perder imunidade

Empresa de mídia do premiê italiano é acusada de sonegação e envio ilegal de 280 milhões de euros ao exterior

Efe,

26 de outubro de 2009 | 12h55

O julgamento do primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, por supostas irregularidades na compra e venda de direitos televisivos por seu grupo de comunicação Mediaset será retomado em 16 de novembro. 

 

O julgamento havia sido suspenso em setembro de 2008 graças à aprovação de uma lei que dava imunidade a Berlusconi, mas o Tribunal Constitucional anulou o dispositivo no último dia 7 por considerá-lo ilegal. O processo correrá na Justiça de Milão, segundo informou  a imprensa italiana nesta segunda-feira, 26.

 

O processo trata da compra e venda de direitos de transmissão de filmes americanos pela Mediaset, que pertence à família Berlusconi. A Promotoria alega que, em uma operação de 470 milhões de euros, a empresa inflou o valor real dos direitos, desviou cerca de 280 milhões de euros para contas no exterior e sonegou 170 milhões de euros em impostos entre 1994 e 1996.

 

Os promotores também acusam Berlusconi de fraudar o balanço do grupo no ano 2000.

Tudo o que sabemos sobre:
berlusconijulgamentoimunidademediaset

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.