Blair é surpreendido sem passagem em trem em Londres

Ex-primeiro minsitro não portava bilhete nem dinheiro para pagá-lo; funcionário deixou que ele viajasse de graça

23 de abril de 2008 | 16h27

O ex-primeiro ministro britânico Tony Blair foi surpreendido em um trem sem o bilhete e sem o dinheiro para pagar a passagem, informou a agência France Presse. Blair, que já ganhou cerca de US$ 1 milhão dando conferências desde que abandonou o cargo, em junho do ano passado, foi surpreendido por uma funcionário que pediu o bilhete do trem que Blair tomou para chegar ao aeroporto de Heathrow, em Londres. O bilhete não é exigido na entrada da estação de trens, mas por funcionários que circulam pelos vagões.  O ex-premiê admitiu que não portava o bilhete e também não levava o dinheiro para pagá-lo, pois não encontrava a quantia que um assistente havia lhe dado. Um assistente de Blair teria se oferecido para pagar a passagem, mas o funcionário deixou que o ex-primeiro ministro viajasse de graça. 

Tudo o que sabemos sobre:
Tony Blairpassagembilhete

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.