Bomba é encontrada em Dublin antes da visita de rainha Elizabeth

O Exército irlandês destruiu uma bomba de fabricação caseira descoberta em um ônibus perto de Dublin nesta terça-feira, antes de uma visita histórica da rainha Elizabeth, da Grã-Bretanha, em meio à maior operação de segurança já montada pelo país.

CARMEL CRIMMINS E PADRAIC HAL, REUTERS

17 de maio de 2011 | 07h42

A visita, a primeira de uma monarca britânica desde que a Irlanda conseguiu sua independência de Londres em 1921, tem o objetivo de mostrar como a relação entre vizinhos substituiu séculos de animosidade.

Mas a descoberta da bomba num ônibus que ia em direção a Dublin e um alerta codificado na segunda-feira sobre um possível atentado em Londres, eram lembretes de que uma minoria continua a agir de forma violenta contra o regime britânico na Irlanda do Norte.

"Essas coisas acontecem quando personalidades globais visitam qualquer lugar no mundo", disse o primeiro-ministro irlandês, Enda Kenny.

A bomba foi encontrada na cidade de Maynooth, a 25 quilômetros de Dublin, e detonada em uma unidade antibomba do Exército numa explosão controlada, informaram as Forças Armadas.

O Escritório britânico de Relações Exteriores informou que a visita da rainha acontecerá como planejado.

Tudo o que sabemos sobre:
IRLANDABOMBARAINHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.