Bomba em Kosovo deixa dois mortos e nove feridos

Governo nega relação entre o atentado e o início das negociações pela independência da Sérvia na ONU

Associated Press e Agência Estado,

24 de setembro de 2007 | 01h14

Duas pessoas morreram e nove foram feridas em uma forte explosão ocorrida nas primeiras horas desta segunda-feira, 24, em Pristina, a capital de Kosovo, informaram autoridades locais. O motivo do ataque ainda é desconhecido, mas o governo kosovar apressou-se em negar que a explosão tenha relação com as negociações mediadas pela Organização das Nações Unidas (ONU) e em que a região busca a independência da Sérvia. A explosão ocorreu por volta das 2h30 locais (21h30 de domingo em Brasília) em um shopping center na região central de Pristina. Depois de uma investigação preliminar, a polícia concluiu que a detonação for provocada por um artefato explosivo. As vítimas foram socorridas em um hospital próximo, disse Veton Elshani, porta-voz da polícia local. Segundo ele, as vítimas foram feridas pela queda de um bloco de concreto causada pelo impacto da explosão. Um dos feridos encontra-se em condições críticas de saúde. Mantenedores de paz da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) isolaram o local do ataque e promoveram buscas, mas não encontraram suspeitos nem mais algum outro artefato explosivo.

Tudo o que sabemos sobre:
KosovoexplosãobombaSérviaPristina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.