Bomba explode em frente à sede socialista em região basca

Uma bomba explodiu sem causar vítimas namadrugada de sexta-feira do lado de fora da sede do PartidoSocialista de Euskadi (PSE-EE), na localidade basca de Derio,pouco após as autoridades terem recebido uma ligação em nome dogrupo separatista ETA. As imagens de televisão mostraram os danos sofridos pelaCasa do Povo dos socialistas, assim como nos edifícios próximosque também foram afetados. Muitas janelas de vidro foramdestruídas pela explosão. O ataque aconteceu uma hora depois de o serviço deemergência de Vizcaya receber uma ligação em nome do ETAavisando da colocação de um artefato explosivo. A ligação permitiu que a polícia local pudesse desalojar asresidências próximas, cortar a circulação de carros e demarcarum perímetro de segurança, de acordo com a mídia local. O prefeito de Derio, Lander Aiarza, do Partido NacionalistaBasco, condenou a explosão "Só o que fazem é prejudicar qualquer interesse que possahaver realmente político, acredito que são pessoas que não têmem mente nada mais que a dor das pessoas. Eles estão indocontra o Euskadi (denominação em euskera para o País Basco)",afirmou o prefeito. O secretário de Coordenação e Organização do PartidoSocialista, Rodolfo Ares, afirmou: "Às bombas tem que seresponder indo às urnas com mais democracia. A democracia éforte e acabará detendo quem cometeu este atentado, e quem osapoia", acrescentou. (Reportagem de Teresa Larraz)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.