Bomba explode na redação de jornal búlgaro

Ataque não deixa vítimas, mas provoca grandes danos materiais

Efe,

10 de fevereiro de 2011 | 05h36

SÓFIA - Uma bomba explodiu na madrugada desta quinta-feira na redação de um jornal búlgaro, em pleno centro de Sófia, a capital do país.

O ataque não deixou vítimas, mas provocou grandes danos materiais, informou a imprensa local.

A bomba explodiu por volta das 5h34 da hora local (1h34 de Brasília) diante da porta da redação do periódico Galeria, cujo edifício fica ao lado da agência estatal de notícias búlgara, a BTA.

No começo do ano o jornal Galeria publicou várias conversas telefônicas entre membros do Governo, incluindo o primeiro-ministro do país, Boiko Borisov, nas quais supostamente eram negociados acordos corruptos e planejadas operações policiais contra alguns empresários.

Tudo o que sabemos sobre:
Bulgáriajornalatentadointernacional

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.