Bomba explode perto de agência do Citibank em Atenas

Há um mês, polícia havia desativado um carro-bomba no lado de fora da sede do banco na capital grega

Agência Estado,

09 de março de 2009 | 03h17

Uma bomba explodiu na manhã desta segunda-feira, 9, do lado de fora de uma agência do Citibank no subúrbio de Psychiko, norte da cidade de Atenas. A explosão causou danos significativos, mas aparentemente não deixou ninguém ferido, segundo a polícia. A bomba havia sido colocada atrás da agência bancária. Dois carros também foram destruídos, disse um policial. Há um mês, a polícia grega havia desativado um poderoso carro-bomba no lado de fora da sede do Citibank em Atenas, no distrito de Kifissia, a poucos quilômetros da agência atingida nesta segunda-feira, 9. Com dois relógios, baterias e explosivos à base de fertilizantes embalados em cinco cilindros de gás, a bomba havia sido escondida no porta-malas do carro e, segundo a polícia, poderia ter demolido o edifício caso fosse detonada. Ninguém foi preso por causa do incidente em Kifissia, mas a polícia suspeita do envolvimento da Luta Revolucionária, a mais perigosa organização esquerdista grega, famosa por ter atacado com um foguete a Embaixada dos EUA, em 2007.

Tudo o que sabemos sobre:
AtenasGréciaCitibankatentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.