Bomba explode sem causar vítimas no País Basco

Autoridades acreditam que atentado seja uma retaliação à prisão de 13 supostos integrantes do ETA

Associated Press e Agência Estado,

25 de setembro de 2007 | 10h32

Um bomba explodiu nas primeiras horas desta terça-feira, 25, diante de uma delegacia no País Basco, mas não causou vítimas. O ministro de Interior da região basca, Javier Balza, atribuiu o ataque ao grupo separatista ETA (Pátria Basca e Liberdade).A explosão danificou uma garagem, parte da delegacia e estilhaçou janelas de casas próximas do local da explosão na cidade de Zarautz, na província de Guipuzcoa, informou a polícia local por meio de um comunicado.Balza informou que a bomba tinha entre 3kg e 5kg de explosivos e foi deixada perto de um muro da delegacia. Ele acredita que o ataque seja uma retaliação à detenção de 13 supostos integrantes do ETA envolvidos em episódios de violência na França na segunda-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
ETAEspanhaatentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.