Brasileira é morta a facadas por parceiro na Espanha

Mulher de 28 anos foi encontrada morta durante a madrugada

Efe

11 de novembro de 2007 | 02h41

Uma brasileira de 28 anos foi morta por seu parceiro com dez facadas e vários golpes na cabeça, na madrugada deste domingo, no bairro San Blas, em Madri.    Depois de cometer o assassinato, o parceiro da brasileira atirou-se do apartamento onde o casal se encontrava, no segundo andar de um edifício para turistas, indicaram à Agência Efe fontesda polícia de Madri. Segundo estas fontes, o agressor - um homem de aproximadamente 30 anos e que não é espanhol - atacou a brasileira com dez facadas no tórax e abdômen.   A policia informou ainda que o agressor está internado em estado grave e que, apesar da queda, encontra-se consciente e confessou aos agentes que tinha matado sua mulher. A jovem brasileira, que apresentava ainda vários ferimentos no antebraço direito e sinais de diversos golpes na cabeça, foi encontrada ensangüentada no chão da sala do apartamento onde o casal estava. O resgate da brasileira foi feito por bombeiros da Prefeitura de Madri.    Serviços médicos ainda conseguiram socorrer a jovem com vida e tentaram atendê-la no corredor do edifício, mas após meia hora de manobras de reanimação os responsáveis pelo resgate confirmaram sua morte.  Segundo um porta-voz policial, o vigia do prédio avisou sobre o incidente à polícia, que assumiu a investigação do caso.   O agressor foi atendido pelo Serviço de Urgência Médica da Comunidade de Madri (SUMA) e transferido ao hospital Ramón y Cajal, onde se encontra em estado grave por causa dos traumatismos causados pela queda.

Tudo o que sabemos sobre:
Brasileiramorteespanhacrime

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.