Brasileiros podem pegar 32 anos de prisão na Espanha

Dois imigrantes são acusados de roubar e agredir uma senhora de 82 anos na cidade de Tormantos

Efe

24 de maio de 2008 | 12h11

A promotoria pública de La Rioja, na Espanha, pediu pena de 32 anos de prisão para dois brasileiros e dois argelinos que roubaram e agrediram uma senhora de 82 anos na cidade de Tormantos. Eles são acusados de roubo, intimidação, e lesão corporal, entre outros crimes previstos na lei espanhola. A corte da província julgará os dois brasileiros e os dois argelinos que participaram do crime, ocorrido há dois anos, na próxima semana.Segundo a promotoria, em 14 de janeiro de 2007, os dois brasileiros entraram na casa da idosa mascarados e armados e anunciaram o assalto. A aposentada disse que não tinha nada de valor, e foi arrastada até a garagem, onde foi mantida presa. Então, os assaltantes agrediram um dos filhos da mulher, assaltaram a outra e fugiram, após trancarem o resto da família na garagem.   Eles levaram US$ 950 dólares em dinheiro e jóias avaliadas em US$ 18.940 dólares, mas foram detidos depois de abandonar o carro no qual fugiram.

Tudo o que sabemos sobre:
Espanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.