Britânico solto no Iraque deve ir para casa logo, diz porta-voz

Peter Moore foi sequestrado em maio de 2007 junto de seus quatro seguranças em Bagdá

Associated Press,

31 de dezembro de 2009 | 10h03

Um porta-voz do governo do Reino Unido informou nesta quinta-feira, 31, que o britânico libertado recentemente após permanecer por mais de dois anos como prisioneiro no Iraque está na Embaixada britânica em Bagdá e está se preparando para ir para casa.

 

Peter Moore foi sequestrado em maio de 2007 próximo ao Ministério das Finanças na capital iraquiana junto de seus cinco seguranças. De Londres, um funcionário do governo afirmou que o britânico passa bem.

 

Em uma rara atitude em relação a um estrangeiro mantido como refém no Iraque, Moore foi libertado na quarta-feira e enviado à Embaixada. Acredita-se que os guarda-costas que o acompanhavam estejam mortos.

 

O porta-voz disse que tudo está sendo preparado para a "volta breve" de Morre ao seu país. O funcionários falou sob condição de anonimato.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueprisioneiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.