Britânicos acham que qualquer outro seria melhor que Brown

Eleitores acreditam que qualquer outro político trabalhista teria mais respaldo do que atual premiê, diz pesquisa

Efe,

15 de setembro de 2009 | 09h41

Uma pesquisa sobre intenções de votos publicada nesta terça-feira, 15, no jornal The Times aponta que 48% dos eleitores britânicos acreditam que qualquer um pode ser melhor que Gordon Brown à frente do Partido Trabalhista e do governo.

 

Faltando menos de um ano para a realização das eleições gerais britânicas, a pesquisa feita pelo instituto Populus para o jornal assinala que os consultados consideraram que qualquer outro político trabalhista pode ser melhor líder que Brown.

 

O jornal indica que, apesar de não existirem sinais que os Trabalhistas tentem substituir ao primeiro-ministro do Reino Unido, a consulta evidencia que o político é visto como um problema para a liderança do partido.

 

Segundo a pesquisa, os Trabalhistas obtiveram 27% de apoio, uma ascensão de um ponto diante da pesquisa anterior, do mês de julho, enquanto o Partido Conservador - primeiro da oposição -, subiu três pontos a 41%. O Partido Liberal Democrata - terceira formação do país - desceu dois pontos a 18%.

 

Populus entrevistou por telefone a um total de 1.504 adultos em todo o país entre 11 e 13 de setembro. Segundo The Times, nenhum partido na história britânica, com um baixo nível de respaldo nas pesquisas, conseguiu recuperar-se para ganhar as eleições gerais a poucos meses do pleito, previstos para maio ou junho de 2010.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino Unido

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.