Caixa-preta revela que 'explosiva descompressão maciça' derrubou avião, diz Kiev

Porta-voz do Conselho de Segurança da Ucrânia declarou que a informação foi dada por peritos que analisam os registros de voo

REUTERS

28 de julho de 2014 | 08h16

Análises da caixa-preta com os dados de voo do avião malaio derrubado mostram que foi destruído por estilhaços vindos da explosão de um foguete e caiu devido a "grande descompressão explosiva", disse uma autoridade do setor de segurança da Ucrânia nesta segunda-feira.

O porta-voz do Conselho de Segurança da Ucrânia, Andriy Lysenko, declarou em entrevista à imprensa em Kiev que a informação foi dada por peritos que analisam os registros de voo do avião derrubado em território sob controle dos separatistas no leste da Ucrânia, em 17 de julho.

A Grã-Bretanha está encarregada de baixar os dados das duas caixas-pretas recuperadas no local do desastre e entregar a informação para investigadores internacionais que farão a análise.

O governo da Ucrânia e o Ocidente acusam os rebeldes de terem derrubado o avião. A Rússia responsabiliza o governo ucraniano pela queda, na qual morreram todas as 298 pessoas a bordo.

(Reportagem de Natalia Zinets)

Tudo o que sabemos sobre:
UCRANIACAIXAPRETAEXPLOSOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.