Caixão de João Paulo II é transferido para capela de São Sebastião

Local foi restaurado, com nova iluminação e som e permitirá uma maior afluência de fiéis no futuro

Efe,

03 de maio de 2011 | 00h49

CIDADE DO VATICANO - O caixão de João Paulo II foi transferido na segunda-feira, 2, do Altar da Confissão da Basílica de São Pedro à capela de São Sebastião do templo Vaticano, uma vez concluída a celebração pela beatificação do papa polonês.

Segundo informou o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, ao redor das 19h15 do horário local (14h30 do horário de Brasília) o caixão de João Paulo II foi levado em procissão do altar da Confissão, onde tinha sido colocado no domingo às 13h do horário local (8h do horário de Brasília), até a Capela de São Sebastião, onde foi realizada a sepultura.

 

Veja também:

linkA história de Karol Wojtyla, o papa João Paulo II

 

Além disso, explicou que se colocou uma lápide com uma inscrição em latim singela: "Beatus Joannes Paulus II" e precisou que a partir de terça-feira, 3, os fiéis que entrarem na Basílica de São Pedro poderão venerar João Paulo II na capela de São Sebastião.

A capela foi restaurada, com nova iluminação e som e permitirá uma maior afluência de fiéis no futuro.

O corpo de João Paulo II tinha repousado desde o dia 8 de abril de 2005, data do funeral, até o dia 29 de abril na cripta da Basílica de São Pedro, na qual foi túmulo do beato papa João XXIII e a poucos metros do túmulo de São Pedro.

Sexta-feira, o caixão com os restos de João Paulo II foi tirado do túmulo que ocupava na cripta da Basílica de São Pedro e colocado sobre um catafalco coberto com uma tela branca diante do monumental túmulo de São Pedro.

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
papajoão paulobeatificação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.