Campanha pela independência da Escócia ganha força após debate—pesquisa

O apoio pela independência da Escócia cresceu 4 por cento após o debate final na TV antes do referendo, que acontecerá em menos de três semanas, mostrou uma pesquisa de opinião nesta sexta-feira, cortando pela metade a liderança da campanha contra a independência.

REUTERS

29 de agosto de 2014 | 09h12

Alex Salmond, o líder do Partido Nacional Escocês, pró-independência, foi amplamente considerado o melhor frente a Alistair Darling, o chefe da campanha anti-independência “Melhor Juntos”, no debate televisionado em 5 de agosto.

Uma pesquisa realizada pelo jornal Scottish Daily Mail publicada nesta sexta-feira mostrou que o apoio para o lado pró-independência cresceu para 47 por cento, ante 43 por cento em uma pesquisa militar da Survation divulgada em 9 de agosto.

O apoio para o lado da anti-independência caiu de 57 para 53 por cento, mostrou a pesquisa, o que significa que a vantagem da campanha pelo “Não" foi reduzida de 14 para 6 pontos percentuais.

A pesquisa desta sexta-feira foi baseada em entrevistas com 1.001 adultos e os números foram calculados excluindo os eleitores indecisos.

Tudo o que sabemos sobre:
GRABRETANHAESCOCIAINDEPENDENCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.