Cargueiro búlgaro com 11 marinheiros naufraga no mar de Azov

Corpos de três tripulantes do "Vanessa" são encontrados; ondas de três metros dificultam trabalhos de resgate

Efe,

03 de janeiro de 2008 | 06h13

Um cargueiro búlgaro com onze tripulantes a bordo naufragou nesta quinta-feira, 3, nas águas do mar de Azov devido a uma forte tempestade. Os corpos de três dos onze tripulantes do  "Vanessa",foram encontrados pelas equipes de resgate, informaram as autoridades portuárias russas   Os corpos dos marinheiros, que usavam coletes salva-vidas e trajes hipotérmicos, serão transferidos na embarcação de salvamento "Merkurii", assinalou a fonte à agência Interfax. O Ministério de Situações de Emergência da Rússia informou que por enquanto não sabe o que ocorreu com os outros oito tripulantes do cargueiro, e esclareceu que os trabalhos de resgate continuam.   "Por volta das 4h10 (horário local) recebemos o sinal de que um cargueiro búlgaro que transportava ferro-velho tinha naufragado nas águas neutras do mar de Azov", assinalou um porta-voz da administração do porto russo Kavkaz, citado pela agência Interfax.   Segundo informações preliminares, os dez marinheiros de nacionalidade búlgara e o capitão ucraniano teriam abandonado o navio, propriedade de uma companhia do porto búlgaro de Burgas. Participam dos trabalhos de resgate um helicóptero e dois navios, todos fretados pelo Ministério de Emergência russo.   Os forte ventos que na área do naufrágio, com ondas de três metros, dificultam os trabalhos de resgate, acrescentou a fonte.   O Ministério de Transporte da Ucrânia informou que o naufrágio ocorreu às 6 horas (1 hora de Brasília) a cerca de 20 quilômetros do litoral e nas proximidades do estreito de Kerch, que separa os mares Negro e Azov.

Tudo o que sabemos sobre:
naufrágiomar de Azov

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.