Carro atropela grupo de ciclistas na Itália e mata sete

Carro conduzido por um homem sem carteira de habilitação e que tinha usado drogas ilícitas atropelou um grupo de ciclistas amadores que participava de uma corrida no sul da Itália no domingo e matou sete, afirmou a polícia.

REUTERS

05 de dezembro de 2010 | 15h27

As vítimas fatais eram homens com idade entre 35 e 48 anos que pedalavam em uma rua na região da Calábria. Dois outros membros do time amador local de corrida ficaram seriamente feridos.

O motorista, um imigrante ilegal marroquino, foi preso e acusado de homicídio múltiplo. A polícia disse que exames de sangue mostraram que o homem havia consumido marijuana. Eles disseram que ele dirigia ilegalmente porque sua habilitação havia sido suspensa há seis meses por condução perigosa.

Um menino que estava no carro com ele também se feriu.

Tudo o que sabemos sobre:
ITALIAACIDENTECICLISTAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.