Reuters
Reuters

Carro invade calçada e atropela pedestres em Londres

Polícia confirmou que episódio foi um acidente de trânsito

Reuters e AP, O Estado de S.Paulo

07 Outubro 2017 | 11h34

Texto atualizado às 14h11

LONDRES - A polícia confirmou na tarde deste sábado, 7, que o caso do carro que subiu em uma calçada e atropelou pedestres em frente ao Museu de História Natural de Londres foi um acidente de trânsito, e não um atentado, como era especulado. O acidente aconteceu por volta das 11 horas da manhã (15 horas no horário local) deste sábado, 7. Várias pessoas ficaram feridas e o motorista foi preso para prestar esclarecimentos.

Agentes chegaram a cercar o entorno, enquanto a polícia investigava a possibilidade de uma nova investida terrorista. No Twitter, moradores da cidade postaram fotos dos feridos sendo resgatados na Exhibition Road, em frente ao museu.


O museu informou que trabalhava com a polícia depois de um "sério incidente" do lado de fora do prédio. A polícia também publicou as primeiras informações na rede social.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.